Come para viver, não vivas para comer.


12 novembro 2010

S. Martinho

.

Como diz o provérbio: Pelo S. Martinho vai à adega e prova o vinho
.
Então, como não temos adega este ano o S. Martinho foi em família e foi giro, pensei em ir ter a casa dos meus pais com as castanhas e a Jeropiga mas como não conseguia que me atendessem o telefone, liguei para a minha irmã que se encarregou de os informar que à noite estaríamos todos lá. Assim foi, assámos as castanhas na placa do fogão a lenha e bebemos a jeropiga pelos copinhos de estimação da minha mãe, pois sem ela se aperceber, eu e a minha irmã fomos buscar copinhos que fizeram parte do seu enxoval, há quase 50 anos. Toda a noite brincámos com a minha mãe porque ela queria roubar-nos os copos com medo que se partissem, o que não era verdade, mas foi por onde pegámos com ela. Todos os pretextos são bons para nos reunirmos em família pois, estarmos juntos, é um dos meus melhores prazeres.

E para terminar deixo-vos aqui umas dicas para este dia:

 “Mandamentos do Abade de Travanca”

o 1º bebe-se inteiro                                          o 6º é para provar
o 2º até ao fundo                                              o 7º para começar
o 3º como o primeiro                                       o 8º para não tombar
o 4º como o segundo                                      o 9º para continuar
o 5º estando cheio, não fica meio                  o 10º para acabar.

1 comentário:

voltaportugal2cv disse...

Estou a ver que o Abade não provou da nossa jeropiga, senão tinha aumentado os mandamentos ;o))

Related Posts with Thumbnails