Come para viver, não vivas para comer.


20 fevereiro 2012

Pastéis e Broa de Tentúgal




Numa das nossas idas a Coimbra e depois de todos os afazeres concluídos chegou a hora de regressar a casa, mas como ainda era cedo e a nossa Maria Madalena adora desvios, fomos parar a Tentúgal.

Bom vou explicar tudinho… a Maria Madalena é o nosso GPS, que coitadita, anda sempre arrependida e a ter de recalcular pois nós não ligamos nadinha ao que ela diz.

E Tentúgal porque o meu motorista não dispensa aqueles pastelinhos e já ensinou à Maria arrependida que vindo do norte, o regresso a casa, passa por aí.

Ora, nada melhor para um dia de chuva que parar num sítio acolhedor e comer uns pasteis e umas queijadinhas, acabados de sair do forno, junto a uma lareira acesa.

Na saída trouxemos mais uma caixinha de pastéis para delícia dos nossos meninos, e uma excelente broa de milho amarelo que acompanhou o nosso jantar em casa.

No regresso ainda parámos no lindíssimo Castelo de Montemor que eu não conhecia e que gostaria de voltar a visitar com os meninos, de preferência num dia de sol.

Pois é… uma maneira de tornar um dia deprimente mais descontraído e agradável.

2 comentários:

Roseli Rosa disse...

Olá Silvia

Seu passeio parece que foi uma delícia, ainda mais depois de experimentar esses pastéis e broas.
Desejo-lhe uma ótima semana!
Beijo Carinhoso

Ana disse...

adoro pasteis de tentugal, que delicia :)

bj
http://ladyaofogao.blogspot.com

Related Posts with Thumbnails